Impasse dos mais médicos

Conselho de Medicina cede e dá registro a médicos estrangeiros

acessibilidade:

Após tentar por quatro vezes barrar os médicos estrangeiros na Justiça, o Conselho Federal de Medicina (CFM) cedeu e informou que orientou os conselhos regionais a conceder os registros provisórios aos estrangeiros do Programa Mais Médicos. Os registros serão emitidos desde que a documentação de cada candidato esteja completa e sem inconsistências, de acordo com o CFM.

As batalhas judiciais entre o Conselho Federal e a Advocacia-Geral da União (AGU) seguem desde que o governo decidiu importar médicos. Hoje (20), o Conselho informou que reconheceu a necessidade de fornecer os dados dos profissionais e dos tutores para que os conselhos possam exercer a fiscalização. Para isso, o CFM cobra os dados dos médicos ao Ministério da Saúde.

Os médicos devem receber os documentos provisórios em 15 dias. No último dia 16, a AGU publicou parecer no Diário Oficial da União com o entendimento que os conselhos regionais de medicina não podem negar registro a profissionais que apresentem a documentação do Mais Médicos.