CPI mista da Petrobras

Membros definidos: CPMI da Petrobras só precisa ser instalada

CPI da Petrobras está completa, falta o presidente determinar a instalação

acessibilidade:

A CPI Mista da Petrobras pode ser instalada já nesta quarta-feira (27), conforme disse à imprensa o presidente do Senado, Renan Calheiros. Todos os deputados e senadores que integrarão o colegiado já foram indicados pelas respectivas lideranças partidárias.

De acordo com Renan, a partir desta quarta, o parlamentar mais idoso indicado para compor a CPI Mista já poderá convocar reunião de instalação, para que sejam eleitos o presidente e o vice-presidente e para que o relator seja escolhido.

Os senadores que serão titulares da CPI Mista da Petrobras são: João Alberto Souza (PMDB-MA), Valdir Raupp (PMDB-RO), Vital do Rêgo (PMDB-PB), Kátia Abreu (PMDB-TO), Ciro Nogueira (PP-PI), José Pimentel (PT-CE), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Humberto Costa (PT-PE), Acir Gurgacz (PDT-RO), Anibal Diniz (PT-AC), Alvaro Dias (PSDB-PR), Mário Couto (PSDB-PA), Jayme Campos (DEM-MT), Antonio Carlos Rodrigues (PR-SP), Gim (PTB-DF) e Ataídes Oliveira (PROS-TO).

Os deputados titulares são: Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Lucio Vieira Lima (PMDB-BA), Carlos Sampaio (PSDB-SP), Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Bernardo Santana de Vasconcellos (PR-MG), Júlio Delgado (PSB-MG), Rodrigo Maia (DEM-RJ), Fernando Francischini (SD-PR), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), Rubens Bueno (PPS-PR), Enio Bacci (PDT-RS), Eduardo Sciarra (PSD-PR), Guilherme Campos (PSD-SP), Márcio Junqueira (PROS-RR), Marco Maia (PT-RS) e Sibá Machado (PT-AC).

Senadores governistas, como Humberto Costa, passaram o dia afirmando que o ideal seria manter apenas a CPI da Petrobras no Senado em funcionamento, já que ela está com os trabalhos adiantados.

Por sua vez, senadores oposicionistas, entre eles Alvaro Dias, apostam que o governo terá menos poder na CPI Mista da Petrobras, o que poderá dar mais densidade às investigações. (Agência Senado)

Reportar Erro