Ditadura

China veta notícias relacionando Mandela à luta por direitos humanos

Até posts em microblog serão deletados se forem agressivos ao govenro

acessibilidade:

O governo da China surpreendeu o mundo ao emitir uma determinação para os veículos de comunicação estatais para não ligar a figura de Nelson Mandela à luta pelos direitos humanos. De acordo com o escritório oficial de propaganda, A mídia estatal não deve usar notícias do funeral do ex-líder sul-africano para falar de assuntos sensíveis.

Já existe uma orientação sobre como proceder com relação às notícias relacionadas ao líder tibetano exilado, Dalai Lama. “Todos os meios devem ser muito prudentes para selecionar os materiais e reportar as notícias de maneira apropriada”, diz o comunicado oficial.

Até o Twitter chinês, Weibo, sofreu com a censura e o governo exigiu que todos os posts que usem o falecimento de “Madiba” para atacar o governo fossem apagados “imediatamente”.