Mais Lidas

Intensiva

Chefe da PF pressiona líder do governo por reajuste dos policiais

O reajuste está pautado para ser votado nesta terça por uma comissão especial

acessibilidade:

Em busca de apoio para convencer parlamentares da Câmara dos Deputados a aprovar a recomposição salarial dos policiais federais, a cúpula da PF foi ao Congresso mais uma vez no final da tarde desta segunda-feira (17). 

O diretor da PF, Leandro Daiello Coimbra, acompanhado dos diretores Rogério Galloro e Luiz Pontel, além do presidente da Federação dos Delegados da PF, Sandro Avelar, se reuniram com o líder do Governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE). Na semana passada, Daiello também foi visto pelos corredores da Câmara e evitou conversar com jornalistas.

O pleito da Polícia Federal é relativo a uma recomposição já negociada em 2009. A PF argumenta que o reajuste, de aproximadamente 30%, não impactaria o orçamento, uma vez que o valor já está definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias e atenderá todas as categorias dos policiais federais.

O reajuste está pautado para ser votado nesta terça (18) por uma comissão especial da Câmara. Além da PF, serão avaliados reajustes para outras quatro carreiras federais.