Mais Lidas

Vai custar caro

Cantor responderá por discriminação em show na Bahia

acessibilidade:

O vocalista da banda mineira Jota Quest, Rogério Flausino, vai responder a processo criminal pelas ofensas feitas ao povo baiano durante uma apresentação da banda no último fim de semana em Salvador. ?Aqui em Salvador a rapaziada já não trabalha normalmente, mas domingão nem f….. ?, anunciou o cantor, que depois pediu desculpas para multidão que o vaiou sonoramente. O que muitos jornais consideraram uma simples ?gafe? é, na verdade, crime de injúria preconceituosa, prevista no Código Penal. A ação penal pública será movida pelo Ministério Público da Bahia. A pena prevista pode variar de um mês até três anos de pirsão e/ou multa. Veja abaixo o momento em que Flausino fez seus comentários, durante show na Bahia.

Twitter - Mayara PetrusoO caso se assemelha ao da estudante paulista de Direito Mayara Petruso, que xingou o povo do Nordeste em sua conta do Twitter, após a vitória da presidente Dilma Rousseff nas eleições de 2010. Mayara  foi condenada pela Justiça Federal de São Paulo pelo crime de discriminação, pelos comentário ?Nordestisno (sic) não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!?. Ela recebeu uma punição de 1 ano, 5 meses e 15 dias de prisão, mas a pena foi convertida em prestação de serviço comunitário e multa.