Mais Lidas

Solidariedade

Caminhões levam água mineral doada pelo DF às vítimas da Samarco

Povo do DF doa 74 mil litros de água às vítimas da lama tóxica

acessibilidade:

Um comboio de nove caminhões do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Detran-DF saiu de Brasília levando 50 mil litros de água potável, doados pela população às vítimas do desastre ambiental provocado pelo rompimento de barreiras da mineradora Samarco, em Mariana (MG). O destino é Governador Valadares, onde os moradores também sofrem com os problemas causados pelo desastre.

Os donativos, arrecadados desde segunda-feira (16), foram entregues em batalhões do Corpo de Bombeiros de todo o DF e em postos da Defesa Civil. Até a última contagem da corporação, no fim dessa quarta (18), havia 74 mil litros de água. Os outros 24 mil deverão ser levados para Governador Valadares até sábado (21).

A campanha chegou ao fim, mas a quantidade de água doada pode superar os 74 mil litros, uma vez que há doações que ainda não puderam ser contabilizadas pelos militares. Os batalhões do Lago Norte e de Samambaia, por exemplo, ainda têm vários galões e garrafas, mesmo após o carregamento dos caminhões.

Mobilização
Nesta manhã (19), o governador Rodrigo Rollemberg participou de uma solenidade de despacho dos donativos para Minas Gerais, no Quartel do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros. Ele agradeceu o empenho dos brasilienses.

"A população de Brasília se mobilizou, manifestando muita solidariedade. Coube ao governo ajudar e conseguir os meios para levar essa água até Governador Valadares. Conversei com os prefeitos das cidades mineiras atingidas, e nossas instituições estão à disposição para ajudar, da maneira que for preciso, as pessoas afetadas por esse desastre."