Mais Lidas

história viva

Câmara faz devolução simbólica de mandatos cassados de deputados comunistas

Os parlamentares eram da bancada do pcdob e foram cassados em 1948

acessibilidade:

A Câmara dos Deputados realiza daqui a pouco, às 14h30, no plenário Ulysses Guimarães, uma sessão solene para a devolução simbólica dos mandatos dos deputados federais que foram cassados em 1948, durante o governo do então presidente da República Eurico Gaspar Dutra. Os parlamentares que perderam o mandato pertenciam ao Partido Comunista do Brasil, que teve seu registro cassado.

Entre os cassados em 1948, estavam nomes importantes do partido, inclusive o de um dos principais escritores da história do país, o baiano Jorge Amado.  Além do escritor baiano, perderam seus mandatos outros treze deputados, entre eles alguns nomes históricos do PC do B, como Maurício Grabois, Carlos Marighela, Gregório Bezerra e João Amazonas ? que presidiu a legenda. A Resolução da Mesa nº10 foi publicada em 10 de janeiro de 1948, em atendimento à Lei 211, publicada três dias antes, que previa a cassação. A Resolução 24, de 2013, anula os efeitos da medida adotada há 65 anos.

O evento contará com a presença de familiares dos parlamentares. Estão confirmados os nomes de Maria Marighella (neta de Carlos Mariguela), Olga Crispim Bardawil (filha de José Maria Crispim), Paloma Jorge Amado e João Jorge Amado (filhos de Jorge Amado), Luiz Eduardo Magalhães Oest  (neto de Henrique Cordeiro Oest), João Carlos Amazonas (filho de João Amazonas) e Carlos Gadelha Grabois (sobrinho neto de Maurício Grabois).

Lista dos deputados cassados em 1948:

Carlos Marighela

Francisco Gomes

João Amazonas de Souza Pedroso

Maurício Grabois

Agostinho Dias de Oliveira

Alcêdo de Moraes Coutinho

Gregório Lourenço Bezerra

Abilio Fernandes

Claudino José da Silva

Henrique Cordeiro Oest

Gervásio Gomes de Azevedo

Jorge Amado

José Maria Crispim

Oswaldo Pacheco da Silva

É o segundo evento do gênero promovido pela Câmara dos Deputados. Em dezembro do ano passado, a instituição fez a devolução simbólica dos mandatos de 173 deputados que foram cassados a partir de 1966, durante o período dos governos militares.