Otimismo na economia

Bolsa sobe pela 9ª sessão com avanço das ações da Petrobras

Ibovespa fecha acima dos 56 mil pontos e renova a máxima do ano

acessibilidade:

O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta segunda-feira pela nona sessão seguida, superando os 56 mil pontos, ajudado pelo avanço das ações da Petrobrás e tom positivo em Wall Street. O Ibovespa subiu 1,63%, aos 56.484 pontos, renovando a máxima neste ano. No mercado de câmbio, o dólar caiu 0,53%, a R$ 3,2499.

A ação preferencial da petroleira subiu 4,81%, a R$ 11,55, e o papel ordinário, +3,33% (R$ 13,66).  Colaborou para a valorização da Petrobrás o fato de o UBS ter recomendado em relatório a compra de suas ações.

Notícias ligadas à atividade de fusão e aquisição também repercutiram na bolsa brasileira nesta sessão, que ainda teve o com giro financeiro inflado pelo vencimento dos contratos de opções sobre ações.

A série de nove altas iguala-se à sequência positiva registrada em outubro de 2015. A última vez que o Ibovespa teve mais altas consecutivas foi entre julho e agosto de 2010, com 11 sessões seguidas no azul.

Europa. Na Europa, os principais índices acionários fecharam sem direção única na sessão desta segunda-feira, dia marcado por movimentação no setor de tecnologia. Há de se destacar também a queda acentuada da bolsa de Istambul, em reflexo da tentativa de golpe militar na Turquia que aconteceu na sexta-feira e fez os agentes atuarem com mais cautela. A SoftBank anunciou hoje a compra da desenvolvedora de chips do Reino Unido ARM Holdings, o que fez as ações da última dispararem 41% e puxarem a bolsa de Londres. O índice FTSE 100 avançou 0,39% e fechou aos 6.6695,42 pontos. Em Paris, o CAC 40 recuou 0,34%, aos 4.357,75 pontos. A bolsa de Frankfurt fechou em queda de 0,04%. (AE)