Mais Lidas

Era brincadeira

Blogueiro que incomodou ministra diz se tratar de "pilhérias"

Blogueiro que incomodou Maria do Rosário diz se tratar de pilhéria

acessibilidade:

 

O blogueiro que fez a ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário, recorrer à Polícia Federal para investigá-lo, alegou se tratar de uma ?pilhéria?. Em resposta à informação divulgada na Coluna Cláudio Humberto, o autor do Blog Joselito Müller alegou, em entrevista à Agência Brasil, que seus leitores reconhecem quando escreve ‘gracinhas’, admitindo, contudo, que a maioria dos seguidores interpretou a piada como verdade. ?Mas isso é algo que independe da minha vontade?.

Na brincadeira de mau gosto, o autor do Joselito Müller publicou que um texto informando que a ministra ficou comovida ao ver um vídeo em que um bandido é baleado por um policial durante tentativa de assalto em São Paulo. Interpretado como notícia verídica, o texto foi amplamente reproduzido nas redes sociais, incomodando Rosário e levando-a a acionar à Polícia Federal. Indignada, Maria do Rosário quer que a PF retire do ar a página do blog.

Contrário à possível censura anunciada pela ministra, o blogueiro postou em sua página em resposta à ameaça: ?caso ela logre êxito nessa empreitada insana (de desativar o blog), não tem problema: abro outro blog?, insinuou. ?Não, não tenho qualquer receio. Não vejo sentido em ficar assustadinho diante da possibilidade de ser processado. A Constituição me garante o contraditório e ampla defesa. Então, que venha o processo?.

O autor não revelou a verdade ira identidade, mas já era conhecido pelo Espírito Santo, onde atribuiu falsamente à senadora Ana Rita (PT-ES) a autoria de um projeto de lei que criaria uma bolsa de R$ 2 mil mensais para prostitutas. A proposta jamais existiu, mas a falsa notícia acabou reproduzida não só nas redes sociais, mas em veículos de imprensa de grande circulação.