Oportunismo

Auditores da Receita usam as Olimpíadas para pressionar por aumento

Categoria pressiona o governo a enviar a proposta de reajuste

acessibilidade:

Auditores fiscais da Receita Federal marcaram uma mobilização para esta terça-feira (11) em todo o Brasil. Aproveitando o período de grande movimento e destaque do país perante o mundo durante as Olimpíadas no Rio de Janeiro, a categoria pressiona o governo a enviar a proposta de reajuste salarial ao Congresso Nacional.

Os auditores pretendem parar às terças e quintas, a partir de amanhã (14) nas unidades da Receita Federal, incluindo aeroportos e portos em todo o país. Segundo o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, Cláudio Damasceno, a “demora” do governo motivou a ação.

“Em março deste ano os Auditores Fiscais encerraram a negociação salarial com o Governo Federal, no qual firmaram um o acordo que estabelecia o reajuste de 5,5% a partir do mês de agosto e o pagamento de uma parcela a título de produtividade de R$ 3 mil fixos, a exemplo do que foi concedido a outras categorias. O Governo não enviou até o presente momento o PL ou Medida provisória para o Congresso e, portanto, já anunciado o recesso parlamentar, se não houver uma resposta rápida, o prazo de agosto já estará vencido. E os auditores Fiscais, então, decidiram retomar a mobilização, a fim de que com o Governo cumpra sua parte no acordo assinado”, ameaçou.

Ele afirma que o objetivo não é atingir a população, mas que “alguns reflexos são inevitáveis”. ““principalmente na parte de importação e exportação de mercadorias e operações de repressão”, disse Damasceno.

Com a mobilização, ficarão prejudicadas análises de processos, homologação de sistemas e atrasos em processos administrativos. A liberação de mercadoria sensível, como remédios e alimentos não será prejudicada, garantiu.