Estado Islâmico

Atentado terrorista na Síria mata mais de 140 pessoas

Estado Islâmico reivindicou autoria das explosões em Damasco e Homs

acessibilidade:

Passa de 140 o número de mortos em uma série de explosões em duas cidades da Síria neste domingo, segundo as agências locais. Os atentados aconteceram em Damasco e em Homs e foram reivindicados pelo grupo Estado Islâmico. Uma série de explosões destruiu o subúrbio de Sayyida Zeinab de Damasco, matando pelo menos 83 pessoas e ferindo mais de 170, segundo agência estatal síria Sana.

O Observatório Sírio baseada na Grã-Bretanha para os Direitos Humanos, que conta com ativistas sírios locais, disse que as explosões mataram 62. A Sana disse que as bombas explodiram perto de escolas durante o horário de pico. O bairro é o lar de um dos santuários mais sagrados do Islã xiita.

Os atentados em Homs mataram pelo menos 46 pessoas e feriu dezenas, de acordo com Ministério das Relações Exteriores da Síria. O Observatório disse que 57 pessoas, incluindo 11 mulheres, foram mortas por dois carros-bomba. Fonte: Associated Press.

Reportar Erro