Prisão do Zé

Apostando que cumprirá 7 anos, Dirceu lança livro

Petista lança livro e prevê tempo preso em regime fechado

acessibilidade:

Ex-ministro da Casa Civil do primeiro governo Lula, José Dirceu dá os últimos retoques no livro de memórias que fez no cárcere. Escreveu de próprio punho 680 páginas de letras miúdas, que devem render um “tijolo” de cerca de 500 páginas, a ser lançado até junho. Zé Dirceu tem dito a pessoas próximas que deve cumprir pena de prisão talvez por uns sete anos, em regime fechado. Espera sair da cadeia aos 80 anos. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

No livro, Dirceu conta histórias desde os tempos de criança, passando pelo movimento estudantil, PT, governo e o julgamento do mensalão.

Petista considerado “o chefe da quadrilha” do mensalão, ele já alinhava o segundo volume de sua história, dedicado à Operação Lava Jato.

Dirceu prevê cadeia com a certeza quem, dois anos antes, previu para esta coluna que seria preso no mensalão – na época, algo impensável.

O livro de Dirceu, publicado pela editora Geração, SP, vem sendo chamado de “Minha vida”, sem o objetivo de virar elemento auxiliar de defesa. “São apenas memórias”, tem dito.

Reportar Erro