Aécio ataca

'Assistimos à condenação do esquema do PT para se manter no poder'

Tucano aproveitou para reforçar investigações do TCU e TSE

acessibilidade:

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse na tarde desta segunda-feira, 21, que a condenação do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto a 15 anos de prisão demonstra que havia um esquema para se apoderar do Estado brasileiro. "Nós assistimos à condenação de todo esse esquema institucionalizado no País que o PT montou para se manter no Poder", criticou, em entrevista coletiva.

Para o tucano, que mencionou em pronunciamento no plenário parte da sentença do juiz Sérgio Moro, chamou a atenção dele o trecho que diz que "a corrupção gerou impacto no processo político democrático, contaminando-o com recursos criminosos".

Segundo Aécio, é preciso respeitar a lei e não se pode eleger com dinheiro de corrupção e propina. Mais uma vez, o tucano pediu que as instituições como Tribunal de Contas da União e Tribunal Superior Eleitoral cumpram o seu dever de investigar supostas irregularidades cometidas pelo governo ou pela campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

O presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN), disse que a condenação de Vaccari representa a condenação do próprio PT. "A quem ele e suas ações eleitorais serviam? Falta esclarecer o destino do que foi arrecadado pelas práticas, agora julgadas e condenadas", disse. (AE)

Reportar Erro