Mais Lidas

Freio na gastança

'A aprovação da PEC 241 significa colocar ordem na casa’, diz Agripino

O senador garantiu que trabalhará pela aprovação da matéria no Senado

acessibilidade:

O presidente nacional do DEM, senador José Agripino (RN), comemorou a aprovação, na noite desta terça-feira (25) na Câmara, da PEC 241, que impõe um teto para os gastos públicos. O parlamentar pelo Rio Grande do Norte garantiu que trabalhará pela aprovação da matéria no Senado e destacou que o país só chegou a esse nível de crise econômica devido aos 13 anos do governo do PT.

“A aprovação da PEC 241 significa ‘colocar ordem na casa’. Treze anos de governo do PT, gastando mais do que podia, levaram a uma relação da dívida/PIB de 70%. Ou fazemos algo agora ou o Brasil caminha para a insolvência, a insubordinação e a desobediência civil. Os governos do PT deixaram o país em uma situação inimaginável”, frisou Agripino.

Nesta terça-feira (25), por 359 votos a favor, 116 contra e 2 abstenções, a Câmara aprovou o texto-base da PEC. A matéria segue para o Senado, onde terá que ser apreciada em dois turnos. “Só tem uma saída: reorganizar as contas públicas. Não tem outro caminho”, destacou o presidente nacional do DEM.