Guerra civil

Após ataque, as Farc anunciam cessar-fogo de 30 dias na Colômbia

Atentado em posto policial matou nove pessoas e deixou 35 feridos

acessibilidade:

Um dia após atentado rebelde matar nove pessoas e deixar 23 civis e 12 policiais feridos em um posto policial na Colômbia, líderes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram  neste domingo (8) cessar-fogo a partir de 15 de dezembro. O comunicado foi lido pelo comandante rebelde Pablo Catatumbo.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, descartou cessar-fogo por parte do governo durante as negociações de paz que começaram este ano. Os rebeldes já haviam declarado um cessar-fogo anteriormente, mas voltaram atrás dois meses depois.