Mais Lidas

Moscou

Após acidente, dois funcionários do metrô são detidos

Os homens foram indiciados pelo acidente que matou 22 pessoas em Moscou

acessibilidade:

Dois operários do metrô de Moscou foram presos nesta quarta-feira (16) acusados pelo descarrilamento ocorrido ontem que causou a morte de 22 pessoas, informou o porta-voz do comitê de investigação, Vladimir Markin.

Os dois homens são acusados de não terem respeitado as normas de segurança dos transportes nas mudanças de direção dos trilhos.

As duas pessoas presas são o supervisor dos trilhos Valeri Bashkatov e o seu assistente Yuri Gordov, que segundo os investigadores “estão diretamente envolvidos nos trabalhos [de reformulação] e na operação” do novo sistema de troca de trilhos.

Segundo os investigadores a causa do acidente se deve a uma mudança de via que não foi realizada dentro das normas. “O mecanismo de mudança não foi realizado corretamente com um fio de ferro comum de 3 milímetros de diâmetro, fato que provocou o descarrilamento do trem dos trilhos”, explicou Marik.(ANSA)

Reportar Erro