Mais Lidas

Denúncia

AM: CPI investiga prefeito acusado de pedofilia

Secretários e um delegado também são acusados

acessibilidade:

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes da Câmara  começa nesta segunda-feira (8) uma diligência na cidade de Coari (AM), para averiguar denúncias de pedofilia contra o prefeito Adail Pinheiro. O secretário de Administração, Adriano Salam, e o delegado do município, Osvaldo Figueiredo Maia, acusados de envolvimento com o esquema, também serão ouvidos, assim como as vítimas de abuso sexual. A CPI recebeu inquérito da Operação Vorax, da Polícia Federal, protegido por segredo de justiça, que aponta o prefeito Adail como chefe de uma rede de exploração sexual de menores. A PF realizou gravações dos servidores da prefeitura e de seis magistrados do Amazonas, entre juízes e desembargadores.