Mais Lidas

Inadimplência

AGU está devendo aluguel da sede há três meses

A dívida é por causa de 'limites financeiros estabelecidos'

acessibilidade:

Parece que a defesa do ministro-chefe da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, na comissão do impeachment na Câmara dos Deputados e no Senado não tem surgido efeito em favor da AGU. O edifício-sede, no Setor de Autarquias Sul, em Brasília, está com o aluguel atrasado há três meses e com corte no orçamento imposto pelo governo.

A AGU é chefiada por Cardozo desde 29 de fevereiro. No Congresso, o ministro defende a presidente Dilma Rousseff e tenta convencer os parlamentares de que Dilma não cometeu crime de responsabilidade.

Em nota, a AGU informou que o atraso no pagamento do aluguel se deve "em função dos limites financeiros estabelecidos para a AGU". O texto diz também que o órgão tem buscado manter o pagamento das despesas de custeio na medida em que os recursos são liberados. "A AGU vem esclarecendo a situação ao proprietário do imóvel durante todo esse período", explicou. A AGU não disse de quanto é a dívida.