Medidas econômicas

Agripino acredita que essa é a pior crise dos últimos tempos

Essa é uma crise que nasceu e se criou no Palácio do Planalto

acessibilidade:

Em discurso nesta segunda-feira (15), o senador José Agripino (RN) comentou a pauta defendida pelo presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL) de uma agenda legislativa de votação de medidas econômicas. 

Segundo o senador, o Brasil enfrenta uma das piores crises nos últimos anos, que foi gestada no governo Dilma e precisa de uma agenda de salvação nacional.

“É preciso salvar o país. Essa é uma crise que foi gerada dentro do país, nasceu e se criou no Palácio do Planalto, por um governo que não teve competência para tomar as providências que o país exigia durante todos esses anos”, afirmou.

De acordo com Agripino, a oposição dará sua contribuição para montar uma agenda, mas não dará aval para que “um governo sem unidade permaneça errando”. “Nós, da oposição, temos a clareza da necessidade dessa agenda de salvação nacional, mas não seremos coniventes com os erros desse governo do PT”, ressaltou.

Para o presidente do DEM, o governo brasileiro não pode cobrar da oposição uma responsabilidade que é dele próprio. “Nós vamos fazer a nossa parte de debater e encontrar caminhos para tirar o Brasil dessa situação, mas governo é governo e oposição é oposição. Além disso, o Brasil não precisa encontrar caminho para sobrevida, precisa encontrar caminho para a ressurreição”, concluiu.

A reunião de líderes para debater a “agenda de salvação nacional” está marcada para às 11h desta terça-feira na presidência do Senado.  

Reportar Erro