Em festa

Aécio: "PT foi duplamente derrotado com decisão de Marina"

Para ele, PT perdeu com candidatura de Marina e PSB na oposição

acessibilidade:

de-olho-em-2014-aecio-vai-criticar-dilma-e-apontar-fracassos-do-pt344ea869d960de0129953f998c5b6150[1]O senador Aécio Neves (PSDB-MG) disse nesta terça-feira (8) que o PT foi ?derrotado duplamente?. Isso porque não conseguiu inviabilizar a candidatura da ex-senadora Marina Silva à Presidência da República e perdeu o apoio do PSB, partido do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. ?Eles queriam que a Marina não estivesse no jogo. Ninguém pode dizer que amanhã não será candidata?, declarou. ?Nós sempre tivemos uma preocupação com a manutenção da candidatura do PSB. Sempre pairou uma certa dúvida, se ia até o final, se o presidente Lula faria um apelo e Eduardo sairia do jogo. Hoje, a candidatura do PSB, se não é uma certeza, pelo menos avançou muito nessa direção?, completou.

No último domingo (6), quando Marina anunciou que se filiaria ao PSB, Aécio declarou que o fato foi uma ?importante conquista do Brasil democrático? e uma ?resposta às ações autoritárias do PT?. ?Especialmente aos membros do partido que chegaram a comemorar antecipadamente a exclusão da ex-senadora do quadro eleitoral do próximo ano, com a impossibilidade de criação da Rede?, comemorou, em seu facebook oficial, a possibilidade de ?colocar fim? ao ciclo de governo do PT.