Mais Lidas

Testemunha

Advogado de Lula depõe em defesa de Adriana Ancelmo

Objetivo da defesa é mostrar que o Ancelmo Advogados não é escritório de fachada

acessibilidade:

Cristiano Zanin Martins, um dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi uma das testemunhas apresentadas nesta quarta-feira, 5, pela defesa da ex-primeira dama do Rio Adriana Ancelmo para depor ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Ela é acusada de integrar o esquema de corrupção que seria chefiado pelo marido, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).

Por videoconferência, Zanin assegurou ter trabalhado com o Ancelmo Advogados, escritório de Adriana, de 2015 a 2017.

“Tivemos um cliente comum, a Fecomércio-RJ, entidade de grande porte e com destaque no Estado do Rio, que tem litígio de grande proporção com entidade correlata, o que envolve diversos processos”, declarou Martins, em depoimento. “Tínhamos discussões sobre o exercício da advocacia. Participo desse grupo de advogados que defende esse cliente.” Segundo ele, havia ações na Justiça estadual e na federal do Rio e recursos no Tribunal Regional Federal da 2ª Região e no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Outro advogado, Marcelo Rossi Nobre, também foi convocado para depor em defesa da colega.

Um dos principais objetivos dos defensores é demonstrar que o Ancelmo Advogados não é um escritório de fachada. O Ministério Público Federal diz que, por meio da simulação de serviços prestados pela banca, era lavado dinheiro proveniente de corrupção. A defesa de Adriana Ancelmo nega irregularidades. (AE)