Mais Lidas

complicações na cirurgia

Ministro José Luciano de Castilho, do TST, morre nesta madrugada

O magistrado não resistiu a cirurgia cerebral e morreu nesta terça-feira (20), em Brasília

acessibilidade:
Ministro aposentado não resistiu a uma cirurgia cerebral, após queda sofrida em sua residência. Foto: Reprodução

José Luciano de Castilho, ministro aposentado do Tribunal Superior do Trabalho (TST), morreu na madrugada desta terça-feira (20). Aos 84 anos, o ministro faleceu em decorrência de complicações de uma cirurgia cerebral a qual foi submetido, após queda em sua residência.

O mineiro iniciou a carreira como magistrado em 1974, sendo aprovado em concurso público para Juiz do Trabalho Substituto do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais. Cinco anos depois, Luciano de Castilho foi promovido a Juiz do Trabalho Presidente da 8ª Junta de Conciliação e Julgamento (JCJ) de Brasília.

Em 1994, foi eleito vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. Anos depois, em 2006, ele assumiu a Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho.

Luciano nasceu no município de Pedro Leopoldo, localizado na região metropolitana da capital Belo Horizonte, em 4 de janeiro de 1937 e se formou em direito pela Universidade Católica de Minas Gerais.