Mudança no GDF

secretário

Governador do DF, Ibaneis confirma saída de Novacki, que pode assumir cargo no governo federal
13/05/2019

Chefe da Casa Civil, Eumar Novacki vai deixar o governo do DF

Mudança no GDF

Chefe da Casa Civil, Eumar Novacki vai deixar o governo do DF

Governador do DF, Ibaneis confirma saída de Novacki, que pode assumir cargo no governo federal

Secretário de Estado Chefe da Casa Civil do Governo do Distrito Federal, Eumar Novacki vai se demitir da administração estadual. O coronel da Polícia Militar está no cargo desde 1º de janeiro deste ano e foi dos primeiros anunciados logo após a eleição de 2018. Procurado pelo Diário do Poder, o governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou a saída de Novacki. Perguntado sobre quem será o novo secretário, Ibaneis respondeu: “Definiremos o substituto sem pressa”. Amigos e auxiliares dizem que Novacki “cansou”, mas há a expectativa de ele pode assumir um novo cargo, mas no governo federal. Novacki é Bacharel em Direito, com Pós-Graduação em Gestão Estratégica e Mestre em Administração Pública. Também participou da administração Blairo Maggi, no Mato Grosso.
25/03/2019

Presidente já está envolvido na reforma, diz secretário da Previdência

Reforma da Previdência

Presidente já está envolvido na reforma, diz secretário da Previdência

Bolsonaro já 'repetiu, reiterou e reafirmou' a reforma, diz Rogério Marinho

O secretário da Previdência, Rogério Marinho, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro está comprometido com a reforma da Previdência: “o presidente já está envolvido”, disse ele após todo o mal-estar noticiado pela troca de declarações entre Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), na última semana. “O presidente já esta envolvido [na reforma]. Ele tem repetido, reiterado, reafirmado seu compromisso com o projeto e não há por que duvidar da sua posição”, disse Marinho. “Ele tem dito de maneira enfática a necessidade de todos estarmos nesse processo e tem liderado [a reforma] dentro do governo.” Após encontro com prefeitos na FNP (Frente Nacional dos Prefeitos), em Brasília, o secretário disse que o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, Felipe Francischini (PSL-PR), lhe assegurou que indicará o relator na comissão ainda nesta semana. No encontro, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), chegou a sugerir que Guedes assumisse parte da articulação política da reforma, em nome do governo, dada a insatisfação da classe política com os atuais interlocutores. O secretário Marinho, entanto, negou a mudança de planos. “É natural que o ministro Guedes possa falar e defender a proposta e ter articulação com agentes públicos. Mas não houve mudança de percurso”, afirmou. “A articulação política é com a Casa Civil, com o ministro Onyx Lorenzoni e com os líderes do governo no Congresso”, disse. (Com informações da Folhapress)
08/11/2018

Novo secretário do DF terá missão de destravar liberação de alvarás de construção

SEGET

Novo secretário do DF terá missão de destravar liberação de alvarás de construção

Ibaneis Rocha pretende 'empoderar o cidadão' nessa área

O governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), confirmou agora há pouco a escolha do advogado Mateus Leandro de Oliveira para o cargo de secretário de Gestão do Território e Habitação (Seget) “com a missão de destravar” o setor, responsável pela liberação de alvarás de construção, por exemplo, “e empoderar o cidadão”. Mateus Oliveira é especialista em Direito Urbanístico. Durante a campanha, Ibaneis prometeu agilizar a liberação de alvarás, que em muitos casos demoram até cinco anos para ocorrer. O problema agrava ainda mais a situação do desemprego no DF, que atinge mais de 400 mil pessoas, a maioria delas do setor da construção. Esse foi um dos setores responsáveis pelo acentuado desgaste do atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB), que ultrapassava os 60% de rejeição quando iniciou sua campanha para tentar se reeleger. O atual titular da Seget, Thiago Teixeira de Andrade, chega praticamente desconhecido ao final do governo Rollemberg. É conhecido por não receber engenheiros, arquitetos e construtores para discutir aspectos dos projetos que sua secretaria engavetava. Até recusa acesso aos processos, que são públicos. Novo secretário Mateus Oliveira é formado em Direito pela FMU, pós-graduado em Negócios Imobiliários e mestre em Direito Urbanístico. Especialistas em Direito Urbanístico, Oliveira atuou em diversas firmas de São Paulo antes de fundar seu escritório. O futuro secretário foi ainda diretor jurídico da Brookfield, empresa do setor da construção civil, e assessor jurídico da Prefeitura de São Paulo, durante a gestão de José Serra (PSDB).
07/11/2018

DF: Ibaneis Rocha escolhe a primeira mulher para comandar a PM

Governo do DF

DF: Ibaneis Rocha escolhe a primeira mulher para comandar a PM

Delegado federal Anderson Torres será o Secretário de Segurança

O governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), escolheu na noite desta quarta-feira (7) a coronel Sheyla Soares Sampaio será a Comandante Geral da Polícia Militar do DF. É a primeira mulher a ocupar o cargo na História do DF. Ibaneis também indicou o delegado da Polícia Federal Anderson Torres para chefiar a Secretaria de Segurança Pública do DF. Sheyla Sampaio se formou oficial da PM e tem um MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão pela Fundação Getúlio Vargas. Ela comandou o 1º Batalhão da PM entre 2013 e 2016 e foi subdiretora de Recrutamento e Seleção da PM-DF. Ao conversar com o Diário do Poder, a coronel afirmou ter ficado muito feliz com o convite do qual, ela acredita ter sido feito pelo governador eleito tendo como crivo o trabalho já realizado por ela dentro da Polícia Militar do Distrito Federal. ” Acredito que essa escolha foi técnica, tendo em vista o melhoramento da corporação”. O delegado Anderson Torres já informou à PF que foi convidado ao cargo e foi liberado pela corporação para aceitar o convite do governador Ibaneis. Ambos assumem os cargos no dia 1º de janeiro de 2019.