Crise econômica

Presidente da Argentina, Mauricio Macri, anuncia congelamento de preços

Medida faz parte de pacote para controlar a inflação e estimular o consumo da população

Presidente da Argentina, Mauricio Macri, anuncia congelamento de preços

Presidente da Argentina, Mauricio Macri. Foto: Marcelo Camargo/ABr

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, anunciou nesta quarta (17) um pacote de medidas para controlar a inflação e incentivar o consumo da população. Uma das principais ações do governo argentino será o de congelamento de preços de produtos e serviços públicos essenciais.

Por pelo menos seis meses, 60 produtos essenciais terão os preços congelados por grandes empresas, após acordo com o governo da Argentina. Também não haverá aumento nas tarifas de serviços públicos neste ano, quando ocorrem as eleições no país.

No acumulado de 12 meses, o índice de preços na Argentina alcançou 54,7%, se tornando um dos mais altos do mundo. Só no primeiro trimestre deste ano, o índice é de 11,8%. Os aumentos mais significativos estão nos setores de alimentos e transporte, com 64% e 67,5% respectivamente.

Redação
Redação
| Atualizado