Político pipoqueiro

Político pipoqueiro

Avesso a aparições e declarações públicas, o ex-governador mineiro Hélio Garcia acabara de votar, nas eleições municipais de 1996, quando foi cercado por jornalistas. Parou junto a um pipoqueiro e manteve a boca ocupada para não ter que responder a perguntas. Mas perdeu a paciência com uma repórter de rádio: em vez de engolir pipocas, neutralizou a jornalista insistente colocando “gentilmente” as pipocas na boca dela.

Redação
Redação
| Atualizado