Mais Lidas

Eleições 2018

Rio de Janeiro elege maior bancada policial de sua história

acessibilidade:

O Rio de Janeiro nunca elegeu tantos representantes das forças policiais para as bancadas estadual e federal como nas eleições do último domingo (7). Mesmo tendo tradição em lançar candidatos policiais, essa foi a primeira vez em que houve uma entrada em grande escala.

Só para a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), a bancada formada por agentes como policiais militares e civis saltou de sete para 11 deputados — nove estreantes na Casa. Na bancada federal, foram sete eleitos com alguma relação com as forças de segurança contra os três atuantes atualmente: Marcelo Delaroli (PR), ex-PM; o capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL); e Cabo Daciolo (Patriotas), do corpo de bombeiros.

Dois fatores foram considerados decisivos para o resultado destas eleições: o esforço pessoal da família Bolsonaro em promover candidaturas policiais e uma articulação inédita entre policiais militares para que os colegas tivessem votação expressiva. As recentes discussões sobre as más condições do trabalho policial no Rio também foi fator de influência.

Um grupo formado por oficiais, suboficiais e praças da PM se articulou durante toda a campanha eleitoral para fazer pesquisas de intenção de votos em enquetes enviadas a policiais pelo Whatsapp. Foram essas pesquisas que mostraram o mau desempenho do ex-jogador Romário, que concorreu ao governo do estado e cujo vice é egresso das fileiras da PM, e fizeram com que a tropa migrasse o voto para o ex-juiz federal Wilson Witzel (PSC), que agora concorre no segundo turno contra Eduardo Paes (DEM).

No Rio de Janeiro, o contingente da PM — somando ativos, inativos, aposentados e pensionistas — é de 250 mil homens, o que expande o potencial eleitoral da categoria.

O PSL de Jair Bolsonaro foi o partido que mais colocou policiais militares na assembleia do estado e na Câmara dos Deputados: seis dos 11 candidatos policiais militares eleitos para a Alerj são da legenda.

Confira os deputados eleitos no Rio de Janeiro com relação às forças de segurança:

Deputados Federais
1 – Hélio Fernando (PSL), subtenente do Exército;
2 – Delegado Antônio Furtado (PSL), policial civil;
3 – Sargento Gurgel (PSL), sargento da ativa PM;
4 – Major Fabiana (PSL), major da ativa PM;
5 – Felício Laterça (PSL), delegado da PF;
6 – Daniel Silveira (PSL), policial militar da ativa;
7 – Paulo Ramos (PDT), oficial da reserva da PM.

Deputados Estaduais
1 – Alana Passos (PSL), sargento da ativa do Exército;
2 – Coronel Salema (PSL), coronel da PM;
3 – Renato Zaca (PSL), sargento da ativa da PM;
4 – Gil Viana (PSL), PM em Campos dos Goytacazes (RJ);
5 – Marcelo do Seu Dino (PSL), PM com passagens como vereador de Duque de Caxias (RJ);
6 – Marcio Gualberto (PSL), PM;
7 – Subtenente Bernardo (PROS), subtenente da PM;
8 – Marcos Muller (PHS), PM;
9 – Martha Rocha (PDT), ex-delegada de Polícia Civil;
10 – Vandro Família (Solideriadade), PM;
11 – Delegado Carlos Augusto (PSD), policial civil. (Com informações da FolhaPress)

Vídeos Relacionados