Mais Lidas

Só aparência

Renan Filho mantém relação indigesta com a ALE, apesar de almoço com deputados

Insatisfação causada pela interferência do governador no Legislativo de Alagoas não cabia na foto

acessibilidade:
Governador de Alagoas Renan Filho com deputados estaduais no Palácio Floriano Peixoto. Foto: Divulgação Instagram

A foto em clima de descontração com 24 deputados estaduais foi o saldo do almoço promovido na última sexta-feira (4) pelo governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), no Museu Palácio Floriano Peixoto. A imagem encomendada para abastecer a rede social do chefe do Executivo, onde a aparência é mais importante do que a essência, foi traduzida pelo próprio governador como sinônimo de “integração, harmonia e natural independência”. Das centenas de curtidas conquistadas no Instagram de Renan Filho, noves fora: nada.

A aparência do retrato passa longe da realidade que permanece de insatisfação e até indiferença vivida nos bastidores da relação do parlamento com o governador reeleito com 77% dos votos dos alagoanos, há menos de seis meses.

O fato é que a imagem não servirá de prova de reconciliação do filho do senador Renan Calheiros (MDB-AL), porque o governador não se desculpa por ter optado pelo procedimento antidemocrático e coronelista de interferir no outro poder, quando foi ineficaz em sua atitude de exigir o velho “toma lá, da cá” como moeda de troca pela eleição de seu tio Olavo Calheiros (MDB-AL) para presidir a Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE). Recebeu um vexatório “não” da maioria absoluta dos membros de um Legislativo retaliado pela retirada em massa de indicações de cargos no governo, em janeiro.

Durante o almoço, excluindo-se o cardápio requintado e farto (bancado pelos alagoanos do estado que conquistou o título de campeão nacional de desemprego em março), nenhum gesto claro e objetivo foi feito por Renan Filho em busca de reconciliação política com sua bancada.

Nenhuma fala política foi feita durante as menos de duas horas de encontro com os deputados. Não houve tema específico debatido. Mas também não havia expectativa nesse sentido por parte dos parlamentares.

Os parlamentares ouvidos pelo Diário do Poder sugerem que Renan Filho saiu na foto menor do que a dimensão política que deveria ter, com a popularidade de sua reeleição.

“Não se falou em política. Acho que foi uma tentativa frustada de simpatia. Nenhum tema. Totalmente informal. Nem teve fala. Todos chegaram e saíram juntos, naturalmente. O quórum extremamente elevado foi muito mais pela harmonia interna do Legislativo”, disse um dos deputados.

Além do pivô da crise, Olavo Calheiros, faltaram ao almoço oferecido pelo governador apenas os deputados Antônio Albuquerque (PTB-AL) e Léo Loureiro (PP-AL).

Deputados irritaram Renan Filho, ao demonstrar apoio ao deputado Marcelo Victor para presidente da ALE. Foto: Divulgação

 

Esforço inútil

O cenário foi montado apenas para dar resposta a uma outra foto que expôs, por antecipação, sua derrota para a maioria da ALE. Para a foto sugerir a harmonia desejada por Renan Filho, o governador se posicionou próximo daquela que já foi apontada pelo seu próprio tio Olavo Calheiros como a maior ameaça “oposicionista” ao seu governo: a deputada estadual mais votada de Alagoas, Jó Pereira (MDB-AL). Mais um esforço retórico inútil, porque a parlamentar decidiu que seguirá sendo coerente com suas posições, apesar da recomposição de seu irmão Fernando Pereira no secretariado do 1º escalão do Executivo, após a retaliação.

Do almoço, saiu bem maior e mais nutrido de apoio político o presidente da ALE, Marcelo Victor (SD-AL). Porque o convite formal feito pelo governador, mesmo tratado como um evento institucional pelos deputados, teria bem mais do que três ausências, se o presidente do parlamento alagoano não se esforçasse em convencer parte dos parlamentares de que a presença seria um gesto importante para demonstrar a harmonia dentro do Legislativo.

“Não teve nada com nada. O presidente Marcelo Victor é que levou os deputados. Muitos não queriam ir. Eu já sabia que ia ser assim. Não me surpreendeu! Meta era usar foto na mídia. Sabido ele [Renan Filho]! Mostra pra sociedade aquilo que não é real”, concluiu outro deputado.

Já o governador, resumiu assim o encontro: “Hoje [sexta] recebi os deputados estaduais de Alagoas. Trabalhar com integração, harmonia e natural independência é o procedimento mais eficaz para enfrentar as durezas do caminho. Sigamos juntos em defesa de Alagoas! Agradeço a todos pela visita”.

A conclusão dos deputados é de que a insatisfação causada pela interferência frustrada do governador Renan Filho no Legislativo de Alagoas não cabe no porta-retrato do evento tratado meramente como ato institucional em atendimento a um convite do Poder Executivo.

Reportar Erro