Mais Lidas

Habitação

Presidente do Secovi-SP está otimista com financiamento da Caixa reajustado pela inflação

Basílio Jafet, do Secovi-SP, acha boa ideia a nova linha de financiamento lançada nesta terça (20)

acessibilidade:
Basílio Jafet, presidente do Seconvi-SP, o Sindicato da Habitação de São Paulo.

O presidente do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), Basílio Jafet, elogiou nesta terça-feira (20) a nova linha de financiamento habitacional na Caixa Econômica Federal (CEF), anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro em evento no Palácio do Planalto. Nesse programa, os contratos serão corrigidos pela inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), mais uma taxa fixa.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, já havia adiantado superficialmente a medida na semana passada, mas hoje ele explicou que a nova linha, baseada no IPCA, trará taxas reduzidas e utilizará o IPCA no lugar da Taxa Referencial (TR), definida pelo Banco Central e considerada por Guimarães de baixa previsibilidade.

Para Basílio Jafet, que gostou da ideia, o financiamento imobiliário corrigido pela inflação oferecerá ao mercado condições melhores. Otimista, ele prevê que os resultados no primeiro semestre, que considera “excelentes”, deverá aquecer ainda mais o mercado no segundo semestre. “No primeiro semestre”, disse ele em entrevista ao programa Bastidores do Poder, da Rádio Bandeirantes, “foram comercializadas mais de 17 mil unidades, contra a média de 10 a 12 mil unidades nos semestres anteriores”.

Pedro Guimarães, presidente da Caixa – Foto: Isac Nóbrega.

A nova linha traz uma taxa de 4,95% do valor financiado mais correção do IPCA. A porcentagem pode chegar a 2,95% do valor financiado para quem tem as melhores relações com o banco (ter conta no banco e apresentar baixo risco de inadimplência, por exemplo). Os valores serão corrigidos mensalmente, prestação a prestação, conforme o IPCA mais recente.

Já a linha de financiamento praticada atualmente traz uma correção de TR mais 9,75% do valor financiado. Essa porcentagem pode cair até 8,5%, sendo 8,5% para clientes com boas relações com o banco.

Prestações menores
Guimarães disse que o valor da prestação do financiamento imobiliário poderá ser reduzido até pela metade. “O que representa isso? Um imóvel de R$ 300 mil, que hoje você começa pagando R$ 3 mil, você baixará, com 4,95% de taxa, de R$ 3.168 para R$ 2 mil. Se você chegar a uma taxa de 2,95%, você chega a uma redução de 51% na prestação”.

Caso o cliente não queira financiar com base no IPCA, temendo um aumento muito grande na inflação no futuro, ele poderá optar pela linha já usada. “Se o cliente tiver esse receio, ele pode continuar com TR. Exatamente por causa disso, um componente do IPCA mais volátil, que a gente reduziu tanto, para 4,95%”, disse o presidente da Caixa.

O presidente Jair Bolsonaro participou do evento e disse que a medida é um ganho para a sociedade como um todo, tanto para quem vai comprar, quanto para os setores imobiliário e da construção. “Isso é muito bem-vindo. E a sociedade toda ganha, todo mundo ganha. Vamos, na medida do possível, dando sinais que queremos fazer um Brasil melhor para todos”.

O presidente Jair Bolsonaro posa para fotos com admiradoras, após a cerimônia – Foto: Isac Nóbrega.

Vídeos Relacionados