Mais Lidas

Resposta a jornal

Maia diz que a Câmara continua contando com o secretário da Previdência

Presidente da Câmara também criticou o pagamento de pensão a 194 filhas solteiras de ex-parlamentares e ex-servidores a um custo de R$ 30 milhões por ano

acessibilidade:
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Foto: J. Batista/Ag. Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou em suas redes sociais que o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, continua tendo total confiança da Câmara para a construção da pauta por meio do diálogo. “E, principalmente, continuamos contando com ele no ano de 2020. A participação do Rogério Marinho será fundamental para a aprovação de projetos de interesse do governo”, afirmou.

Maia fez a postagem a propósito de reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, segundo a qual Rogério Marinho passou de grande articulador para o isolamento político. “Discordo da análise. Marinho tem colaborado de forma decisiva na aprovação de matérias fundamentais para o futuro do nosso Brasil”, disse.

Pensão para filhas solteiras

Maia também criticou o pagamento de pensão a 194 filhas solteiras de ex-parlamentares e ex-servidores a um custo de R$ 30 milhões por ano.

Maia retuitou reportagem do jornal O Estado de S. Paulo que apontou pagamentos em diversos órgãos da administração pública federal, não apenas do Legislativo. O Supremo Tribunal Federal deu entendimento à questão como direito adquirido, e Maia quer que o STF mude a interpretação da lei. Para ele, esses pagamentos são absurdos. (Agência Câmara)

Vídeos Relacionados