Mais Lidas

Voto julgará em 2022

Lira defende eleições e diz que brasileiro prioriza vacina e emprego

Presidente da Câmara afirma que voto popular, secreto e soberano julgará representantes em 2022

acessibilidade:
Presidente da Câmara Arthur Lira, de máscara, presidindo sessão.
Presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) destaca que eleitor deve ter emprego e vacina, e dar seu veredicto em outubro de 2022. Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Após descartar ter recebido uma suposta ameaça da cúpula das Forças Armadas ao exercício da democracia nas eleições de 2022, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), voltou a defender o direito ao voto popular, nesta quinta-feira (22), ao reafirmar em suas redes sociais que as atuais prioridades dos brasileiros são vacina e emprego.

“A despeito do que sai ou não na imprensa, o fato é: o brasileiro quer vacina, quer trabalho e vai julgar seus representantes em outubro do ano que vem através do voto popular, secreto e soberano”, disse Arthur Lira.

O presidente da Câmara ainda disse que “as últimas decisões do governo foram pelo reconhecimento da política e da articulação como único meio de fazer o País avançar”. (Com informações da Agência Câmara de Notícias)

Vídeos Relacionados