Mais Lidas

Troca de mensagens

João Doria corteja Tabata Amaral e diz que ela é rosto e alma do PSDB

Governador de SP diz que trocou mensagens com parlamentar novata, que é ameaçada de expulsão do PDT

acessibilidade:
João Doria corteja Tabata Amaral

A deputada federal Tábata Amaral (PDT-SP) já está sendo sondada pelo PSDB após polêmica com o PDT durante votação da proposta da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

O governador de São Paulo, João ​Doria (PSDB), informou nesta sexta-feira, 12, que trocou mensagens com a parlamentar. Ele defende a filiação de Tábata ao seu partido, caso ela seja expulsa do PDT por ter contrariado determinação da legenda na votação da reforma.

“Troquei mensagens com ela. Ela é rosto, alma e coração do novo PSDB”, disse Doria, de Londres, onde está em missão comercial.

Ele ressalta que não fez convite à deputada, pois isso cabe ao presidente do partido, Bruno Araújo (PE).

Tabata entrou na mira de caciques do PDT por ter votado a favor do texto-base da reforma da Previdência na quarta (10). Principal líder do partido, o ex-governador Ciro Gomes (CE) defendeu sua expulsão imediata.

Tabata só pode mudar de sigla sem perder o cargo se for expulsa — o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é que o partido não pode requerer o mandato de um parlamentar que tenha sido banido por ele.

O político que foi afastado pode se filiar imediatamente a outra legenda. Há especulações de que o PPS poderia ser o destino de Tabata se o PDT cumprir sua ameaça.

Para Doria, Tabata seria um ativo de peso em sua tentativa de renovar a imagem do PSDB — partido que ele domina desde a debacle eleitoral de seu ex-mentor e antecessor Geraldo Alckmin na eleição presidencial do ano passado. (Com informações da Folhapress)

Vídeos Relacionados