Mais Lidas

Eleições 2018

Paschoal diz que ‘precisa de mais tempo’ para decidir se será vice de Bolsonaro

Advogada está entre os autores do pedido de impeachment de Dilma Rousseff

acessibilidade:
Bolsonaro disse que, caso Janaína não aceitasse o convite, seu plano B seria o príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança

A advogada Janaína Paschoal, entre os autores do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), pediu mais tempo para decidir sobre ser vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), segundo o próprio deputado. O presidenciável ainda minimizou o constrangimento ocorrido após críticas da jurista ao comportamento dos seguidores do parlamentar.

“Não se ganha eleição com pensamento único. Não se governa uma nação com pensamento único. Os seguidores, muitas vezes, do deputado Jair Bolsonaro têm uma ânsia de ouvir um discurso inteiramente uniformizado. Pessoas só são aceitas quando pensam exatamente as mesmas coisas. Reflitam se não estamos fazendo o PT ao contrário”, disse Janaína.

Para Bolsonaro, “não dá para afinar em 100% o discurso”. “Tem que ter liberdade de se expressar. Não dá para afinar em 100% o discurso. Tem pouco tempo que ela foi chamada. Ela é mãe, tem dois filhos pelo que eu saiba. Ela tem que ver isso com a família”.

A fala de Janaína surpreendeu aliados de Bolsonaro, que acharam o tom arrogante. Mesmo assim, a direção do partido ainda pretende insistir em seu nome. “Janaína estava em nosso radar. Pediu um prazo a mais, só isso. Isso é bom para ambas as partes. De qualquer maneira, ela estará conosco”, afirmou Bolsonaro.

Janaína afirmou ter ficado honrada com o convite, mas disse precisar de mais tempo para aceitá-lo. “Iniciamos um diálogo bastante profícuo. Entendemos que, para uma parceria de quatro anos, esse diálogo precisa ser mais pormenorizado. Então não é possível aceitar em dois dias”, disse ela.

Sobre outros possíveis vices, Bolsonaro citou o deputado Marcelo Álvaro Antonio e o presidente de honra do partido, Luciano Bivar. O convite para vice na chapa de Bolsonaro já foi recusado três vezes.

Vídeos Relacionados