Mais Lidas

Ministério ressuscitado

Há resistência, mas Fraga é favorito para futuro ministério da Segurança

Coronel da reserva da Polícia Militar do DF, ex-deputado Alberto Fraga articula sua nomeação e é amigo do presidente

acessibilidade:
Alberto Fraga quando exercia o mandato de deputado federal pelo DEM do Distrito Federal Foto: Agência Câmara.
Alberto Fraga quando exercia o mandato de deputado federal pelo DEM do Distrito Federal Foto: Agência Câmara.

Coronel da reserva da Polícia Militar do DF e nome favorito da bancada da segurança da Câmara, o ex-deputado Alberto Fraga continua na “pole position” para chefiar o futuro Ministério da Segurança Pública, mas o que conta mesmo para o seu favoritismo é a amizade ao presidente Jair Bolsonaro. A amizade de “Cavalão”, como Fraga se refere a Bolsonaro, é maior que a má vontade de alguns militares à sua eventual indicação. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A rigor, no máximo, alguns generais não gostam da ligação de Fraga a Bolsonaro, mas não têm poder de veto. Nada podem fazer contra isso.

A principal ameaça à indicação de Fraga é Alexandre Ramagem, diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e quase diretor-geral da PF.

Mesmo sem cargo, Fraga continua sendo um dos principais auxiliares de Bolsonaro na articulação política. O residente pode oficializá-lo na área.

As articulações para recriar o Ministério da Segurança Pública têm sido feitas em torno do ex-deputado que Bolsonaro apelidou de “Pancrácio”.

Vídeos Relacionados