Mais Lidas

1.178 mortos no país

Estados Unidos lideram casos de coronavírus no mundo com 86.012 infectados

China está em 2º lugar com 81.340 casos e a Itália em 3º, com 80.539

acessibilidade:
O presidente dos EUA, Donald Trump. Foto: Isac Nobrega/PR

Os Estados Unidos ultrapassaram a China e a Itália como o país com o maior número de casos de coronavírus, de acordo com dados da agência de notícias britânica Reuters.

Nova York, Nova Orleans e outros áreas de forte incidência enfrentam um aumento nas hospitalizações e iminente escassez de suprimentos, pessoal e leitos para os doentes.

As instalações médicas estão com poucos ventiladores e máscaras protetoras e são prejudicadas pela capacidade limitada de testes de diagnóstico.

O número de casos de coronavírus nos Estados Unidos chegou a 86.012. A China ficou em segundo lugar com 81.340 casos, segundo os últimos dados, e a Itália em terceiro: 80.539.

Pelo menos 1.178 pessoas morreram nos Estados Unidos pelo coronavírus.

Só na cidade de Nova York surgiram 3.537 casos novos no último dia, elevando o total a 21.393.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, enviou cartas a milhões de casas americanas com as diretrizes oficiais para o combate ao coronavírus. Ficar em casa, não trabalhar doente e evitar reuniões e eventos com mais de 10 pessoas são as principais recomendações.

As recomendações da carta, que começou a chegar às casas dos americanos nos últimos dias, se chocam com algumas falas do próprio Trump em seus discursos.

Ao contrário das falas do presidente, a carta enviada aos americanos diz: “Mesmo se você for jovem, ou saudável, você está em risco e suas atitudes podem aumentar o risco para outras pessoas”, diz o documento. “É importante que você faça sua parte para reduzir o espalhamento do coronavírus.”

Entre as recomendações, a carta afirma que as pessoas devem: “Escutar e seguir as determinações dos estados e autoridades locais; Não ir trabalhar se estiver com sintomas; Não sair de casa com crianças doentes e chamar a assistência médica; Idosos e pacientes com doenças crônicas devem ficar em casa; Isolamento total da família caso haja a confirmação de um caso de Covid-19; Trabalhar e estudar de casa sempre que possível”.

Entre as outras recomendações, estão: “Evitar reuniões sociais e em grupos com mais de 10 pessoas; Evitar bares e restaurantes, dar preferência a delivery e “para viagem”; Evitar viagens desnecessárias, para compras ou turismo; Não visitar berçários ou asilos; Praticar sempre uma boa higiene”.

Vídeos Relacionados