Mais Lidas

Recuperação da cidade

Equipes do SOS DF fizeram mais de 12 mil ações em 20 dias de programa

Trabalhos incluíram funcionários do DER-DF, Novacap, CEB, DF Legal, SLU, entre outros

acessibilidade:
SOS DF é uma ação conjunta de todas as secretarias e empresas do GDF. Foto: GDF

Desde o lançamento do Programa SOS DF, na primeira semana de janeiro, já foram realizadas mais de 12 mil ações. Entre os trabalhos realizados, está a recuperação de ruas e rodovias da capital, com mais de 3 mil toneladas de massa asfáltica, produzida pela Novacap, distribuídas para o DER e regiões administrativas.

O Departamento de Parques e Jardins (DPJ) contabiliza quase 4 milhões de m2 de área roçada, o equivalente a 470 campos de futebol. No mesmo períoro, a CEB fez reparos ou trocou 497 lâmpadas, o Detran pintou 429 faixas de pedestres e o SLU retirou das ruas quase 14 mil toneladas de lixo.

A ação inclui orientação de moradores por agentes do DF Legal, antiga Agefis, sobre o descarte de objetos e materiais sem utilidade. Até agora, as equipes do programa realizaram 2.600 visitas no Sol Nascente, Itapoã, Paranoá, Plano Piloto, Taguatinga, Ceilândia, Santa Maria, Vicente Pires, São Sebastião, Gama e Samambaia.

“Essas obras fazem a diferença na vida dos moradores. São pequenos reparos que fazem a população se sentir cuidada. É isso o que queremos: trabalhar para dar melhor qualidade de vida às pessoas. Com isso, os próprios moradores vão entrar nesse programa com a gente, não vão jogar mais lixo nas ruas, nem quebrar os equipamentos públicos, como lixeiras”, afirmou o governador Ibaneis Rocha (MDB).

A equipe do SOS DF passou ainda pela Catedral Metropolitana de Brasília, onde realizou trabalho de recuperação e manutenção da área externa do ponto turístico. O sistema de escoamento foi desobstruído para evitar transbordamentos e desperdício de água. Equipes de jardinagem também estiveram no local e realizaram a roçagem do mato alto ao redor de todo o monumento.

Grandes intervenções

Além das pequenas ações, o governo do DF já deu inicio a obras de grande porte pela cidade. Na noite desta segunda (21), o DER-DF começou a recuperação do Eixão. A obra está orçada em R$ 13 milhões e tem prazo de entrega de seis meses.

A intervenção compreende o microrrevestimento asfáltico da pista de rolamento – incluindo serviços de reparos localizados – e a sinalização horizontal da rodovia, no trecho entre o Trevo de Triagem Norte (TTN) e o Trevo de Triagem Sul (TTS) – aproximadamente 16 km – , além da faixa de pavimento de concreto entre o túnel do aeroporto e o viaduto da DF-051/DF-002. (Com informações da Agência Brasília)

Reportar Erro