Mais Lidas

Paraná Pesquisas

Em Campinas, Doria é mais bem avaliado que Bolsonaro e Sampaio lidera para prefeito

Deputado Carlos Sampaio (PSDB) lidera intenções de voto em qualquer cenário

acessibilidade:
João Doria e Jair Bolsonaro são bem avaliados pelos eleitores de Campinas, e Carlos Sampaio lidera para a prefeitura, na eleição do próximo ano.

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas em Campinas, um dos maiores colégios eleitorais de São Paulo, mostra que a avaliação positiva do governo João Dória (PSDB), de 54,8%, é maior que a aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), de 51,9%, tanto quanto os que rejeitam o chefe do Poder Executivo estadual, 38,8%, é bem menor que no governo federal, de 43,5%.

A pesquisa também atesta a insatisfação dos eleitores com a administração do atual prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), que chegou a 66,4%, uma das mais elevadas do País. Somente 30,6% dos munícipes aprovam a gestão do prefeito socialista, cuja reputação é tão negativa que o percentual de eleitores que consideram “ótima” a administrado do prefeito não passa de 1,5%.

O levantamento foi realizado entre os dias 22 e 26 de setembro, quando foram entrevistados 810 eleitores, numa amostra estratificada segundo o sexo, a faixa etária, o grau de escolaridade e a posição geográfica. A margem de erro é de 3,5% para os resultados gerais.

Calos Sampaio lidera

O Paraná Pesquisa mostra também, em seu levantamento, que o deputado Carlos Sampaio (PSDB) lidera a intenção de votos na disputa pela prefeitura de Campinas nos mais diversos cenários.

Em um primeiro cenário, em pesquisa estimulada, Carlos Sampaio lidera com 20,5% das intenções de voto para prefeito, seguido de de Rafa Zibaldi (PSB), com 16%, Delegada Terezinha (PTB), com 10,7%, Dr. Hélio (PDT), com 9,1%, Tenente Santini (PSD), que soma 7,4%, seguido do petista Márcio Pchmann (5,9%), Adriana Borgo (Pros, 2,6%), Marcela Moreira (Psol, 2,3%) e Juan Quirós (DEM, 0,4%). Neste cenário, 13,3% responderam “nenhum” e 4,6% não sabem.

No cenário 2, excluindo o nome de Tenente Santini, Sampaio continua à frente, com 19,5%, seguido de Zimbaldi (14,8%), Teresinha (10,2%), Dr. Hélio (9,6%), Guilherme Campos (PSD, 9,3%), Saadi (7%), Pochmann (5,9%), Borgo (2,6%), Moreira (2,5%) e Quirós (0,6%). Dos entrevistados, 13,2% responderam “nenhum” e 4,7% não sabem ainda em quem vão votar.

Há ainda um cenário 3, na disputa pela prefeitura de Campinas, sem a presença do tucano Carlos Sampaio, no qual a liderança passa a ser de Zimbaldi (19,8%), seguido de Teresinha (12,2%), Dr. Hélio (10,6%), Santini (9,5%), Saadi (9,1%), Pochmann (6,5%), Borgo (2,8%), Moreira (2,7%) e Quirós (0,6%). “Nenhum” sobe para 19,8%, em rigoroso empate com a líder do levantamento neste cenário, enquanto 6,3% não sabem em quem votar.

Veja o quadro detalhado sobre o primeiro cenário, na disputa pela prefeitura de Campinas: