Mais Lidas

Já atuava no governo

Economista Gustavo Montezano é o novo presidente do BNDES

Atual secretário especial adjunto de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia, ele assume lugar de Joaquim Levy

acessibilidade:
Gustavo Montezano, novo presidente do BNDES. Foto: Divulgação/Ministério da Economia

O ministro Paulo Guedes escolheu o economista Gustavo Montezano para presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES).

Secretário especial adjunto da Secretaria de Desestatização e Desinvestimento, do Ministério da Economia, ele assume no lugar de Joaquim Levy, que pediu demissão neste domingo, após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que ele estava “com a cabeça a prêmio”.

Segundo a jornalista Miriam Leitão, o nome de Montezano teve o apoio de Flavio Bolsonaro para o cargo.

Filho de Roberto Montezano, que trabalhou com o Paulo Guedes anos atrás no Ibmec, Gustavo é mestre em Economia pela Faculdade de Economia e Finanças do Ibmec-RJ e graduado em Engenharia pelo Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ). Ele também foi sócio-diretor do BTG Pactual, responsável pela divisão de crédito corporativo e estruturados, em São Paulo.

Em nota para anunciar o novo presidente do BNDES, a assessoria do Ministério da Economia fez um agradecimento “a Joaquim Levy pela dedicação demonstrada enquanto presidente” do banco de fomento.

Vídeos Relacionados