Mais Lidas

Projeto Vida Longa

Doria relança programa habitacional para idosos de baixa renda

Vida Longa construirá 152 casas para idosos que ganham até 2 salários mínimos

acessibilidade:
Governador de São Paulo, João Doria. Foto: Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), lançou o projeto Vida Longa, um programa habitacional voltado para idosos de baixa renda. O programa foi inspirado no antigo Vila Dignidade, lançado em 2009 pelo então governador José Serra.

De acordo com João Doria, o objetivo é garantir a segurança dos mais velhos e estimular a socialização. “Adaptados também no âmbito da sua arquitetura para facilitar acessibilidade, evitar acidentes e oferecer um convívio adequado entre as pessoas da maior idade. Inclusive com equipamentos eletrônicos já entregues, como: forno de microondas, fogão, interfone, chuveiro elétrico e geladeira nova. Tudo isso dentro de cada unidade habitacional.”

Na primeira fase do programa, destinado a idosos que vivem sozinhos e têm renda de até dois salários mínimos, seis cidades do interior ganharão condomínios: Bauru (22 casas), Barretos (28 casas), Bragança Paulista (28), Santa Bárbara d’Oeste (28), São Roque (20) e São José do Rio Pardo (26). O custo total será de R$ 18,7 milhões. A ideia é chegar a 50 cidades até 2022.

As obras começam em até 60 dias. As casas terão 28 m², e o espaço comum terá pista de caminhada, academia ao ar livre e espaço gourmet, com churrasqueira e forno de pizza. A ideia, segundo o governo, é estimular a socialização entre os idosos.

Vídeos Relacionados