Mais Lidas

Operação Galeria

Desembargador do TRF4 manda soltar filho de Lobão sob pagamento de fiança

Márcio Lobão está proibido de deixar o País e não pode falar com outros investigados

acessibilidade:
Márcio Lobão, filho do ex-senador Edson Lobão (MDM-MA), ex-ministro dos governos Lula e Dilma.

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Operação Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, mandou soltar o filho do ex-senador Edison Lobão, Márcio Lobão, preso no início da semana no âmbito da Operação Galeria, 65ª fase da Lava Jato.

Márcio Lobão é investigado por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a Transpetro, subsidiária da Petrobras, e a Usina Hidroelétrica de Belo Monte. Ele recolheria propina que totalizou cerca de R$ 50 milhões, destinada ao pai, ex-senas+dor Edison Lobão (MDB-MA), ex-ministro de Minas e Energia (governos Lula e Dilma).

“A decisão que decretou a prisão preventiva carece de apresentação de justificativa específica em relação à custódia preventiva, malgrado tenha discorrido detalhadamente sobre fatos e autoria’”, diz o desembargador em sua decisão, que impôs medidas cautelares ao acusado.

Márcio Lobão terá de pagar fiança de R$5 milhões, está proibido de deixar o país sem autorização do juízo, devendo entregar todos os passaportes que possuir, e não pode fazer contato com os demais investigados ou com empregados da instituição financeira da qual foi desligado.