Mais Lidas

Fim das férias

Deputados distritais voltam oficialmente ao trabalho na Câmara Legislativa do DF

Primeira sessão ordinária no Plenário deve acontecer na próxima terça, ainda sem pauta definida

acessibilidade:
Câmara Legislativa do DF proíbe eventos abertos ao público. Foto: Silvio Abdon/CLDF

Os deputados distritais retomam os trabalhos oficialmente nesta sexta (1º) com o fim do recesso de fim de ano, assim como os deputados federais, senadores e os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Mesmo com o retorno acontecendo apenas no fim dessa semana, algumas atividades já movimentaram a Câmara Legislativa em janeiro: os distritais participaram na última quinta (24) de uma sessão extraordinária para apreciar o projeto de lei que transforma o Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF) em Instituto de Gestão Estratégica da Saúde (IGESDF) e o que institui o serviço voluntário à polícia civil e ao sistema de defesa civil — ambos aprovados.

Outros parlamentares também já estavam frequentando a Casa desde o início do ano, como os distritais de primeiro mandato Júlia Lucy (Novo), Leandro Grass (Rede) e Fábio Felix (PSol).

A primeira sessão ordinária no Plenário deve ocorrer só na próxima terça (5), ainda sem pauta definida. Temas considerados prioritários pelo governo de Ibaneis Rocha (MDB) devem ser apreciados, como o projeto que prevê redução na alíquota de impostos.

Nomes definidos

Outro compromisso em que os distritais já fizeram parte neste ano foi a eleição da Mesa Diretora da Casa, no primeiro dia do ano. O reeleito Rafael Prudente (MDB) foi escolhido pela maioria dos parlamentares como presidente da CLDF. Líder do governo na Casa, Cláudio Abrantes (PDT), em seu segundo mandato, foi eleito vice de Prudente.

A Mesa Diretora do biênio 2019-2020 é composta ainda por Iolando (PSC) e Jorge Vianna (Podemos), como primeiro secretário e suplente, respectivamente. O deputado Robério Negreiros (PSD) foi reeleito para a segunda secretaria da Casa, tendo como suplente Roosevelt Vilela (PSB). Já a terceira secretaria será comandada por João Cardoso (Avante), com Jaqueline Silva (PTB) como suplente.

Foram escolhidos ainda o corregedor e o ouvidor da Câmara Legislativa do DF: José Gomes (PSB) e Daniel Donizet (PRP), respectivamente. No mesmo dia, foram definidos os presidentes e vices das comissões permanentes.

Casa nova

No ano passado, os eleitores do Distrito Federal elegeram um cenário mais renovado para a Câmara Legislativa: apenas oito parlamentares foram reeleitos. Outros nove parlamentares tentaram continuar nos cargos, mas não tiveram sucesso. A diferença também está no número de partidos que tem representantes na Casa. Na gestão passada, eram 12 siglas; em 2019, o número sobe para 19.

Relembre quem são os distritais que assumiram mandato este ano:
Martins Machado (PRB);
Professor Reginaldo Veras (PDT) – reeleito;
Rafael Prudente (MDB) – reeleito;
Delmasso (PRB) – reeleito;
Chico Vigilante (PT) – reeleito;
Robério Negreiros (PSD) – reeleito;
Agaciel Maia (PR) – reeleito;
José Gomes (PSB);
Arlete Sampaio (PT);
Cláudio Abrantes (PDT) – reeleito;
Jorge Vianna (Podemos);
Iolando (PSC);
Eduardo Pedrosa (PTC);
João Cardoso Professor-Auditor (Avante);
Roosevelt Vilela (PSB);
Telma Rufino (PROS) – reeleita;
Hermeto (PHS);
Fábio Félix (PSOL);
Valdelino Barcelos (PP);
Daniel Donizet (PRP);
Júlia Lucy (Novo);
Reginaldo Sardinha (Avante);
Leandro Grass (Rede);
Jaqueline Silva (PTB).