Mais Lidas

Chapecó

Bolsonaro lidera em Santa Catarina outro passeio gigante de motociclistas

Em um dos pontos de concentração, presidente foi recebido com gritos de “mito”

acessibilidade:
Desta vez em Santa Catarina, passeio liderado pelo presidente Jair Bolsonaro reuniu impressionante número de motociclistas - Foto: redes sociais.

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (26) de um passeio de moto com apoiadores pelas ruas de Chapecó (SC), município localizado no oeste do estado, a cerca de 650 quilômetros de Florianópolis. Os motociclistas passaram por diversos pontos da cidade, incluindo um centro comercial.

Bolsonaro compareceu ao encontro após cumprir agenda na cidade, incluindo a inauguração de um centro de excelência em tecnologia 4G e visitas às obras da Arena Condá, ambos na sexta-feira (25). Em um dos pontos de concentração, ele foi recebido com gritos de “mito” e posou para fotos com os participantes.

Ao discursar, já no encerramento do ato, Bolsonaro agradeceu os apoiadores. “Não tem preço uma recepção como essa, desde o dia de ontem”, disse. “É a volta do nosso patriotismo, a volta da esperança. A certeza de que o futuro pertence a todos nós”, concluiu.

Essa é a segunda vez no ano em que o presidente cumpre agenda em Chapecó. Em abril, ele conheceu o Centro Avançado de Atendimento à Covid, hospital de campanha montado no Centro de Eventos com 75 leitos de enfermaria e 20 de unidade de tratamento semi-intensivo. Depois de mais de 200 atendimentos, a estrutura foi desativada.

Motociata em Chapecó – Foto: Isac Nóbrega/PR

CPI da Pandemia

Ao fim do passeio, Bolsonaro discursou e fez críticas à CPI da Pandemia. “Não adianta provocarem, inventarem, quererem nos caluniar, nos atacar 24 horas por dia porque não conseguirão. Só uma coisa me tira de Brasília: é o nosso Deus. Não vão ganhar no tapetão ou inventando narrativas”, disse.

Em seguida, criticou a comissão que investiga possíveis omissões e irregularidade no combate à pandemia. “Temos uma CPI de 7 pilantras que não querem investigar quem recebeu dinheiro, apenas quem mandou o dinheiro. Lamentavelmente, o Supremo [Tribunal Federal] decidiu pela CPI e decidiu também que governadores estão desobrigados de comparecer à mesma. Querem apurar o que? No tapetão, não vão levar”, afirmou.

Antes do passeio de moto, Bolsonaro fez uma cavalgava na chegada a Chapecó – Foto: reprodução do Twitter de Evair de Melo.

Vídeos Relacionados