Mais Lidas

E fez mais críticas a Bolsonaro

Após ser expulso do PSL, Frota confirma filiação ao PSDB e exalta Doria

Deputado federal teve a cabeça cortada do partido a pedido de Jair Bolsonaro por críticas ao presidente

acessibilidade:
O deputado Alexandre Frota ao lado do presidente jair Bolsonaro. Foto: Michel Jesus/Ag. Câmara

O deputado federal Alexandre Frota (SP) integra agora o PSDB. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fará uma cerimônia para sacramentar a filiação no fim da tarde desta sexta-feira, 16.

Vão participar da cerimônia, além de Doria e Frota, o presidente nacional do partido, Bruno Araújo, e o líder da bancada da agremiação na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio.

Frota foi expulso do PSL, partido de Jair Bolsonaro, acusado de infidelidade partidária por sua postura crítica ao presidente.

Ao anunciar sua ida ao PSDB, Frota aproveitou para atacar Bolsonaro, dizendo que ele tem uma “milícia”.

“Estou aliviado de não ter mais o peso Bolsonaro em minhas costas. Isso não é ser Judas, como a milícia dele tenta pintar”, disse Frota em conversa com a coluna, emendando: “Ele fala que tem de fazer cocô dia sim, dia não, para preservar a natureza. Melhoraria nossas vidas ele não fazer cagada todos os dias”.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o ex-ator pornô disse ainda que Bolsonaro é um “idiota ingrato que nada sabe”, afirma que a cadeira de presidente ficou grande para ele e que o atual governante do país “se lambuzou com o mel da Presidência”.

Afirma ainda que sua expulsão é um aviso para os que ainda acreditam viver em uma democracia, que Bolsonaro tem viés “ditatorial” e que o Brasil precisa migrar do radicalismo de direita à centro-direita. Ele aproveitou para fazer um agrado a Doria.

“Doria presidente dará dignidade ao país. Bolsonaro tem viés ditatorial. Um deputado que não concorda com ele é expulso do partido. Um ministro que não compactua com a vontade do filho dele é demitido.”

Vídeos Relacionados