Eurico Borba

Recuperando uma reflexão importante

acessibilidade:

Kierkegaard descreve situação em que um circo, instalado nos limites de um vilarejo, preparava-se para o espetáculo quando as plantações ao redor começaram a pegar fogo. O palhaço foi enviado para avisar a população do perigo que se aproximava. Os habitantes começaram a rir, acreditando que era o palhaço fazendo graça para anunciar o espetáculo que iria acontecer. Ninguém fugiu, o fogo chegou e tudo destruiu.

O Papa Bento XVI, no seu livro “Introdução ao Cristianismo”, (Ed. Loyola), utiliza essa narração referindo-se aos teólogos cristãos que parecem ao mundo atual verdadeiros palhaços. Acrescenta: “O ano de 1989 trouxe a derrocada inesperada dos regimes socialistas na Europa que deixaram atrás de si a herança triste de uma terra arrasada e de almas destruídas. Quem esperava, então, ter chegado a nova hora da mensagem cristã viu-se frustrado. Apesar de não ser pequeno o número de fiéis, o cristianismo não conseguiu apresentar-se como alternativa memorável neste momento histórico.”.

A Civilização Ocidental é fruto do Cristianismo. Atualmente as sociedades ainda sinalizam valores éticos cristãos, arraigados na cultura e nas instituições dos povos, apresentando vestígios da pregação Evangélica e das reflexões do Direito Natural, permitindo-lhes, assim, continuarem a sustentar os ideais da democracia, da justiça, da solidariedade e da paz.

Como enfrentar a crise global que nos aflige?

Seria fácil fazer os sistemas econômicos funcionarem para atender as necessidades básicas dos povos e os sistemas políticos criarem condições de fazer prevalecer, nas sociedades democráticas, a perspectiva da promoção do bem comum. Bastaria que homens e mulheres, que acreditam em valores morais cristãos, imprimam nos seus afazeres, públicos ou privados, estas marcas de solidariedade e justiça

Desejar tal comportamento não é ingenuidade nem retrocesso conservador, pelo contrário, é aderir à realidade que a experiência histórica nos oferece, recuperando o esquecido ímpeto transformador do Humanismo Cristão que nos trouxe até aqui. É o que nos resta para enfrentar o caos que tomou conta da humanidade.

Eurico de Andrade Neves Borba, aposentado, ex professor da PUC RIO, ex Presidente do IBGE, mora em Caxias do Sul.

Reportar Erro