Eleições 2018

MDB anuncia Rigotto como vice na chapa com Henrique Meirelles

Ex-governador é mais um gaúcho na corrida presidencial

MDB anuncia Rigotto como vice na chapa com Henrique Meirelles

Rigotto, em 2006, foi pré-candidato pelo então PMDB à Presidência da República

O presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR), anunciou hoje (4) o nome do ex-governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, para vice na chapa com Henrique Meirelles na disputa pela Presidência da República. É mais um gaúcho a ocupar a posição de vice na campanha presidencial: a senadora Ana Amélia (PP) será companheira de chapa de Geraldo Alckmin (PSDB).

Em entrevista à imprensa, o ministro de Minas e Energia e membro da Comissão Executiva Nacional do partido, Moreira Franco, disse que a escolha de Rigotto confirmar o compromisso do MDB em manter reformas no país.

“[A escolha vem também] com o caráter para reafirmar os compromissos da chapa do partido com as reformas para garantir a continuidade do esforço para aumentar os investimentos em emprego e renda. Enfim, é uma esperança para que brasileiro possa construir aqui uma sociedade que garanta igualdade de oportunidades”, afirmou o ministro.

Rigotto começou a vida pública em 1976 ao ser eleito vereador de Caxias do Sul, pelo MDB. Foi deputado estadual, deputado federal por três mandatos e governador do Rio Grande do Sul. Em 2006, foi pré-candidato pelo então PMDB à Presidência da República.

A candidatura de Meirelles foi confirmada no último dia 2 pelo MDB. Dos 419 votantes, 85% disseram sim a candidatura do ex-ministro da Fazenda.

Redação
Redação
| Atualizado