Olho na manobra

Manobra da Vale deixa ‘Sistema U’ em estado de alerta para leilão de ferrovia

Tentativa é pagar R$1,3 bi por trecho de ferrovia avaliado em R$9 bilhões

Manobra da Vale deixa ‘Sistema U’ em estado de alerta para leilão de ferrovia

MPU, TCU, AGU e CGU acompanham manobra da Vale no leilão da Ferrovia Norte/Sul

Ministério Público da União, Tribunal de Contas da União, Advocacia Geral da União e Controladoria-Geral da União, que integram o oficioso “Sistema U”, estão perplexos com a ousadia da Vale e de olhos bem abertos com as manobras do leilão de 1.500km de um trecho da Ferrovia Norte/Sul, previsto para o fim do mês. Essas manobras reduziram o lance mínimo para R$1,3 bilhão por 30 anos de concessão. A obra desse trecho custou R$9 bilhões ao governo. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A suspeita é que tudo parece ter feito sob medida para VLI Logística, que representa a Vale. O leilão da ferrovia deve ser judicializado.

A AGU diz estar de mãos atadas e explica que não pode atuar no caso oficialmente sem que haja uma “judicialização do processo licitatório”.

A VLI, criada em 2010 pela Vale com outras empresas, opera trecho de 720km e pode passar a ter o controle total da principal ferrovia do País.

A Ferrovia Norte/Sul é a grande aposta para agilizar e baratear o escoamento da produção de bens e grãos do Brasil para o exterior.

Redação
Redação
| Atualizado