Leitura demorada

Leitura demorada

O general Eurico Gaspar Dutra levou para a Presidência da República o hábito de madrugar, adquirido nos quartéis. Às vezes chegava ao gabinete, no Palácio do Catete, antes mesmo do amanhecer. E logo descobriu que a primeira coisa que faziam os funcionários, no local de trabalho, era trancar-se no banheiro com o jornal do dia e só sair de lá depois de lida a última página. Incomodado com a demora, Dutra reuniu os assessores e deu a ordem:

– De hoje em diante, quem quiser continuar trabalhando comigo tem que vir lido, barbeado e lavado!

Redação
Redação
| Atualizado