Propaganda antecipada

TRE condena Agnelo e Filipelli por propaganda eleitoral

Motivo foi exibição de faixas em inauguração do balão do aeroporto.

acessibilidade:

O governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz e o vice-governador Tadeu Filipelli foram condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal por propaganda eleitoral antecipada. A denúncia é de que foram usadas faixas e bandeiras durante a inauguração do novo balão do aeroporto, no dia 5 de maio. Os dois terão de pagar R$ 5 mil cada um. Ambas as defesas negam que tenha havido irregularidade e afirmam que vão recorrer da decisão.

A denúncia partiu de uma representação do Partido da República (PR), que questinou as 15 faixas com menções e agradecimentos a Agnelo e Filipelli. O advogado de Agnelo, Luis Alcoforado, afirmou que a afixação de faixas não caracteriza propaganda eleitoral.

Reportar Erro