Mais Lidas

Constrangimento ao vivo

Ministra do TCU é alvo de grosseria em sessão virtual: ‘Não pediu vista, porra!’

Chefe de gabinete de subprocurador do MP chamou Ana Arraes de louca

acessibilidade:

A ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, foi constrangida durante sessão virtual transmitida ao vivo, ao confundi-se sobre o voto do subprocurador-Geral Lucas Furtado, em um processo que tramitava na 2ª Câmara da Corte.

Arraes foi tratada com grosseria pelo chefe de gabinete do membro do Ministério Público junto ao órgão, por entendeu que Furtado tinha pedido vista, quando, na verdade, ele teria concordado com o voto do relator.

“Não, ele não pediu vista, porra! Mulher louca. Rapaz do céu! A ministra Ana Arraes vai ser o caos na presidência do TCU!”, disse o assessor do subprocurador, citando o fato de que Ana Arraes deverá ser a próxima ministra a presidir a Corte de Contas.

A indelicadeza levou os ministros a encaminhar o caso à apuração da Corregedoria do TCU, chefiada pela própria ministra.Veja o momento da grosseria, em vídeo editado pelo site Migalhas:

(Com informações do Migalhas)

Reportar Erro