Não cabe recurso

Justiça Eleitoral cassa mandato de prefeito e vice de Americana

Justiça Eleitoral cassa mandato de prefeito e vice de Americana

acessibilidade:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou na noite desta quinta-feira (29) o mandato do prefeito de Americana, Diego de Nadai (PSDB), e do vice Seme Calil Canfour (PSB). Ambos foram condenados por abuso de poder econômico durante a campanha e tiveram seus direitos políticos suspensos por oito anos.

O presidente da Câmara, Paulo Sérgio Vieira Neves (PSC), deve assumir o comando do Executivo. Prefeito e vice perderão o cargo assim que forem notificados, a decisão não cabe recurso.

Os ministros do TSE mantiveram, por sete votos a zero, uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo, proferida em setembro de 2013. Diego e Calil foram cassados por conta de uma declaração incorreta feita na prestação de contas da campanha. O prefeito mandou confeccionar 75 mil exemplares de uma revista e, na hora de declarar, houve uma diferença de R$ 200 mil entre o valor informado por ele e o informado pela gráfica. Cada peça foi declarada por Diego com custo de R$ 2, enquanto a gráfica informou R$ 4,66.

Reportar Erro