Mais Lidas

Mensalão do DEM

Juiz está impedido de julgar mensalão do DEM

Em decisão dividida, STJ impede Álvaro Ciarlini de julgar mensalão do DEM

acessibilidade:

A 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu dar provimento ao pedido de suspeição do juiz da 2ª Vara de Fazenda Pública do DF Álvaro Ciarlini no caso da Caixa de Pandora.

O pedido foi feito pelo ex-deputado do dinheiro na meia Leonardo Prudente, pois o medo de Ciarlini, que já havia condenado vários dos réus no processo, é grande demais.

A sessão acabou agora há pouco e a posição do relator, ministro Ari Pargendler, foi vencida por três votos a dois, prevalecendo a visão do atual presidente da 1ª Turma, Napoleão Nunes Maia.

Sendo assim, Leonardo Prudente e os demais réus ganham sobrevida para insistir na tese de que foram injustiçados.

Reportar Erro